fbpx

Programando Placa Digispark ATtiny85 com IDE Arduino

Neste artigo, trataremos do procedimento utilizado para programar a placa Digispark ATtiny85 utilizando a própria IDE do Arduino. No final deste texto, vamos utilizar o ATtiny85 para acender uma lâmpada com módulo relé.

Características da Placa Digispark ATtiny85

A principal característica desta placa é o tamanho reduzido, se comparado com os Arduinos comumente encontrados. Além do menor tamanho, ela conta com um número inferior de pinos I/O (entrada e saída), ao todo 6 pinos de I/O.

Basicamente, as principais características dessa placa são:

  1. Microcontrolador Atmel ATtiny85;
  2. Alimentação USB de 5 V ou fonte externa;
  3. 6 pinos I/O;
  4. Memória flash 8 KB;
  5. Interfaces I2C e SPI;
  6. 3 pinos que podem ser PWM;
  7. A/D em 4 pinos;
  8. LEDs na placa.

Existe basicamente dois modelos da placa Digispark, com conector micro USB soldado na placa e com conector USB na própria placa. A título de demostração, a Figura 1 apresenta as duas placas Digispark disponíveis.

Figura 1 – Modelos de placas Digispark ATtiny85 disponíveis.

Particularmente, vou utilizar a segunda placa, com conector USB na própria PCI. As placas são identicamente iguais, diferindo pela conexão USB.

Os pinos de conexão da placa podem ser visualizados na Figura 2.

Figura 2 – Pinos de conexão da placa Digispark ATtiny85.

Basicamente a função de cada pino apresentado na Figura 2 é:

  • D5, D4, D3, D2, D1 e D0 – pinos digitais;
  • A0, A1, A2 e A3 – pinos analógicos;
  • -USB e +USB – interface USB;
  • SCK, MISO e MOSI – interface SPI;
  • PWM – pinos PWM;
  • SCL e SDA – interface I2C;
  • AREF – referência analógica.

Além dos pinos acima, na placa é possível observamos os pinos de 5 V, GND e Vin para alimentação externa.

Configurando a Placa Digispark na IDE Arduino

O procedimento que descreverei a seguir, foi apresentado no site Arduino e Cia e será nosso ponto de partida para entendermos e configurar a IDE.

Primeiramente, devemos fazer o download dos drivers USB  da placa, que podem ser baixados neste link. Após baixar, descompacte o arquivo e execute na pasta, o arquivo Install Drivers.exe, conforme visto na Figura 3:

Figura 3 – Captura da tela para o arquivo Install Drivers.

Ao término da instalação dos drivers, acesse a IDE, vá em Arquivo >> Preferências. No campo URLs Adicionais de Gerenciadores de Placas, cole o seguinte link:

http://digistump.com/package_digistump_index.json

Clique em Ok, vá na guia Ferramentas >> Placas >> Gerenciador de Placas e procure por Digistump AVR Boards e clique em instalar. Ao fim da instalação feche o gerenciador de placas. Abra o menu Ferramentes >> Placas e note que agora temos as placas Digispark adicionadas para programação, conforme Figura 4.

Figura 4 – Placas Digispark adicionadas à IDE Arduino.

Para testar se tudo ocorreu corretamente, selecione a placa Digispark (Default – 16.5mhz). Acesse a guia Arquivo >> Exemplos >> Digispark_Examples >> Start. Este exemplo é semelhante ao Blink, onde o LED presente na placa fica piscando.

Com os procedimentos acima, temos a IDE configurada para programarmos a placa Digispark ATtiny85. Se não ocorreram erros durante a instalação dos drivers, você terá sua IDE pronta para programar a placa sempre que precisar.

Programando a Digispark ATtiny85 Pela IDE do Arduino

Agora que temos a IDE configurada, vamos utilizar o ATtiny85 para acender uma lâmpada utilizando o módulo relé de 1 canal. Com este projeto, vamos perceber o quanto essa plaquinha fantástica pode ser versátil.

Basicamente o que nosso programa irá fazer é ler uma porta digital, e quando o botão for pressionado, o Arduino acionará o módulo relé que por sua vez fará com que a lâmpada seja acesa.

O programa utilizado é o mesmo já apresentado no artigo “Arduino e Módulo Relé Para Acionamento de Cargas Elétricas” que escrevi anteriormente.

O programa pode ser conferido a seguir.

Note que o programa é muito simples e pequeno. Outro ponto interessante é o fato do ATtiny85 ter um tamanho reduzido, isso nos permiti utilizar esta placa em muitos projetos. Este programa também pode ser baixado através do meu GitHub.

Com o programa pronto, vamos desenhar um esquema de conexão dos componentes.

Veja Também:

O que é Arduino ? Tudo oque você precisa saber

Curso de Arduino – Do zero ao avançado o melhor curso do Brasil.

Esquema de Conexão da Placa Digispark ATtiny85 ao Módulo Relé

O esquema de conexão foi desenhado no software Fritzing, programa gratuito para desenho de PCBs, esquemáticos e muitas outras funções. Eu recomendo e uso simplesmente por ser mais intuitivo de esboçar a ligação real dos componentes do projeto.

O esquema final pode ser visto na Figura 5 a seguir.

Figura X – Esquema de conexão do ATtiny85 ao módulo relé.

Note que o esquema é bem simples, e o tamanho da montagem é muito reduzido. Com o programa e o esquemático prontos, vamos citar os materiais necessários para montagem. São eles:

  1. Placa Digispark ATtiny85;
  2. Módulo Relé de 1 canal;
  3. Protoboard;
  4. Push Button;
  5. Resistor de 10 K ohm;
  6. Lâmpada de 127 V e bocal;
  7. Fios e jumpers.

Com todos os materiais em mãos, vamos para montagem do protótipo de controle do acendimento de lâmpadas.

Montagem e Testes do Circuito com Digispark ATtiny85

A montagem do protótipo segue o esquema apresentado, então se você já está habituado a realizar montagens, esta será simples. Porém, caso seja sua primeira montagem, recomendo paciência e muita calma, na dúvida cheque duas vezes.

Após montar seguindo o esquema da Figura 5, obtive os seguintes resultados apresentados nas imagens a seguir.

Figura 6 – Montagem em bancada.
Figura 7 – Montagem em bancada.

Podemos perceber das imagens acima, que a montagem ocupa pouco espaço, ou seja, ela é relativamente bastante simples.

Continuando, a seguir podemos conferir mais algumas imagens da montagem.

Figura 8 – Montagem em bancada.
Figura 9 – Montagem em bancada.

Além das imagens, gravei um vídeo curto apresentando o funcionamento deste protótipo.

Considerações Finais

Neste artigo foi apresentado a placa Digispark ATtiny85, como programá-la utilizando a IDE do Arduino e ainda trouxemos um exemplo de aplicação.

Na verdade, é possível criar tantos projetos legais utilizando esta pequena e poderosa “plaquinha” que seria impossível tentar apresentar todos estes neste texto. Porém, evidenciamos que, quando se deseja criar um protótipo que ocupe pouco espaço, a Digispark ATtiny85 é a placa ideal para seu projeto.

Espero que tenha gostado deste artigo, compartilhe com seus amigos e em suas redes sociais.

Obrigado pela leitura e até o próximo projeto!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *